03/06/2010

Porto Alegre tem poetas e poesia. Cidade que abrigou o lirismo de Mario Quintana e a combatividade de Oliveira Silveira, que com sua poesia conseguiu mudar a abordagem da identidade do negro no Brasil, cidade onde nasceu a Roda de Poesia, uma brincadeira de congraçamento poético que hoje é praticada no Brasil inteiro, em torno de uma quadrinha do mesmo Oliveira Silveira “poesia na roda, êh / quem chegou é bem chegado / umbigada em você / para dar o seu recado”. Nesta cidade, em outubro de 2007, nasceu  Porto Poesia

Vários poetas com vontade de fazer mais, de unir esforços pra valorizar a poesia, trocar experiências. Cada poeta trouxe mais poetas reunindo mais de uma centena de artistas que fazem da palavra seu instrumento.

Desde sua primeira edição Porto Poesia se define como um festival nacional de poesias, totalmente gratuito,  que acontece em Porto Alegre. A cidade e seus poetas recebem gente do Brasil inteiro para um evento que representa muito mais que um simples congraçamento. Porque no Porto, Poesia é brincadeira de criança e também assunto sério, é espetáculo e é debate, é diversão e é construção intelectual. Porque, neste Porto, Poesia é tudo.

Oficinas
Quem sabe, ensina o que sabe. Os fazeres relacionados à poesia, ministrados por quem faz poesia.

Palestras
A visão particular do poeta sobre o assunto que escolheu com espaço para a participação do público.

Feira de Poesia
Poesia pra levar pra casa, seja em livros, seja em objetos variados produzidos pelos poetas participantes.

Performances
Uma visão particular da poesia através de interpretações diferenciadas.

Debates
Um tema, duas visões, um bate-papo inteligente entre poetas e público.

Cinema e Teatro
as relações da poesia com as outras artes.

Recitais
a poesia pela voz do próprio poeta.

Roda de Poesia
Um espaço democrático onde “quem chegar é bem chegado (…) para dar o seu recado”.

2a mostra livros & não-livros a poética de um objeto

O que acontece quando a poética se integra às artes plásticas? Uma mostra que reúne as diversas possibilidades de dar uma resposta a esta pergunta. Pode ser um livro em que a plasticidade é mais importante que a palavra, um objeto carregado de texto, a própria palavra, descontextualizada ou recontextualizada, transformada em ícone… em cada artista uma proposta. Uma resposta não-definitiva capaz de reposicionar a linha divisória entre categorias artísticas.

Anúncios

03/06/2010


Portopoesia 3 aqui pra você

16/09/2009

Cartaz Porto Poesia-3-frente

Cartaz Porto Poesia (verso)

Porto Poesia 3

Programação diária de 5 a 10 de outubro

Toda a programação do Porto Poesia 3 é gratuita  e aberta ao público de todas as idades.

O Porto Poesia 3 conta com apoio Institucional do Ministério da Cultura -Secretarias de Cultura do Estado e Município – Divisão do Livro -Atelier Livre da Prefeitura – Sindicato Médico do RGS-Instituto Machado de Assis –Livraria Moliterno – Poeta Café – Casa de Cultura Mario Quintana

Segunda – 5 de outubro 2009

Atelier Livre da Prefeitura no Centro Municipal de Cultura-

(Av. Erico Veríssimo) 19h 30min

Abertura do Porto Poesia 3 com a mostra Livros e Não Livros a Poética de um Objeto, com livros- objetos únicos- feitos pelos artistas plásticos Renato de Matos Mota,Rodrigo Pecci, Wilson Cavalcanti,Mara Caruso, Mesther Mussoi, Maria Araújo, entre outros. A mostra permanece para visitação no Atelier até dia 10.

Terça-feira  dia 6 – Casa de Cultura Mario Quintana

A programação inicia no Teatro Carlos Carvalho da Casa de Cultura Mário Quintana ( Andradas) das 16 horas às 17 horas

Poesia Pra Criança

com Cristina Crescente

Das 16 horas às 18 horas – na Sala  Hermes Marcilha

Oficina

com Gilberto Wallace Pe ( n)  sar Poesia

Das 18h15min às 19h 15min – Sala A2 B2

Alcy Cheuiche

A Poesia é uma Só

Das 19h 30 min às 20h- Sala A2 B2

Nayr Tesser

palestra: Maria do Carmo Campos, Criação e Criatura

Das 20h  às 20h30 Sala A2 B2

Maria Carpi

Poesia: necessidade ou desperdício?

Das 20h 45min às 21h15min – Sala A2 B2

Luiz Paulo Vasconcellos

A Poética do Teatro

Das 21 h 30min às 22 h30 min  no Teatro Carlos Carvalho

Paulo de Freitas Mendonça

O Pajador no contexto da poesia improvisada.

Das 19 às 22h, diariamente, será  realizada a Roda de Poesia no Poeta Café

A participação na Roda de Poesia é aberta a intervenção do público.

Na terça- feira a abertura da Roda de Poesia  ficará a cargo do grupo Di Versos

Quarta-feira – dia 7- Casa de Cultura Mario Quintana

Das 16h às 17h Teatro Carlos Carvalho

Poesia pra criança

Renato de Mattos Motta

Das 16h às 18h- Na sala Hermes Marcilha

Oficina de Poesia

Grupo Cero

Das 18h15 às 19h15 na Sala A2 B2

Elma Santana

A poesia e a mulher Farroupilha

Das 19h até as 22h – Poeta Café

Roda de Poesia

Abertura com Cabaré do Verbo

Das 19h  30min às 20h- Sala A2 B2

Paulo Roberto do Carmo

poemas inéditos e  comentários sobre seu livro A Ficção de Carlos Nejar

Das 20h as 20 30min Sala A2 B2

Maria do Carmo Campos

A poesia de Guilhermino César

Das 20h 45min às 21h15 Sala A2 B2

Sirmar Antunes

Tributo a Oliveira Silveira

Das 21h30min às 22h30min – Teatro Carlos Carvalho

Os poETs

Lançamento de CD

Quinta-feira – dia 8- Casa de Cultura Mario Quintana

Das 16h às 17h Teatro Carlos Carvalho

Poesia pra criança

Marô Barbieri – leitura do livro – Pipoca Bailarina

Das 16h às 18h- Na sala Hermes Marcilha

Oficina

Paulo Tedesco sobre o Livro

Das 18h 15 min às 19h 15min- Sala A 2 B2

O Grupo Quixote por seus integrantes:

Fernando Castro, Gilbertto Wallace e Paulo Roberto Fabris

Das 19h às 22h no Poeta Café

Roda de Poesia

abertura pela União Brasileira de Poetas Trovadores

Das 19h30min às 20h Sala A2 B2

Marilice Costi

O Cuidado e a Criação Poética

Das 20h as 20h 30min  Sala A2 B2

José Degrazia

Foto dá poesia

Das 20h 45min às 21h 15min – Sala A2 B2

Eduardo San Martin

fala sobre 30 anos de sua poesia

Das 21h30min às 22h h 30min- Teatro Carlos Carvalho

A Poesia de Ana Mariano

com Sofia Salvatori – direção de Margarida  Leoni Peixoto

Sexta-feira – dia 9 – Casa de Cultura Mario Quintana

Das 16h às 17h  no Teatro Carlos Carvalho

Leitura

Poesia pra Crianças

Das 16h às 18h – sala Hermes Marcilha

Oficina

Com Marô Babieri

Das 18h 15h às 19h 15 min – Sala A2 B2

Armindo Trevisan, Élvio Vargas e Fabiano de Souza falam sobre a Poética da Sétima Arte

Das 19h às 22 h – Poeta Café

Roda de Poesia

abertura Grupo Ecarta

Das 19h30 às 20h Sala A2 B2

Grupo Cero

Poesia e Psicanálise

Das 20 h 45 às 21 h15 Sala A2 B2

Leitura

A Precisão do Impreciso

com o Deisi Beier, Erika Almeida, Jackeline Gay Barcellos, Jaime Medeiros Jr.,João P. Wapler e Liana Marques

Das 21h 30min às 22h -Teatro Carlos Carvalho

Cristina Macedo

Sarau Literário da Zona Sul com convidados

Sábado – dia 10- Casa de Cultura Mario Quintana

Das 16h às 17h Teatro Carlos Carvalho

Poesia pra Criança

Mário Pirata

Das 18h 15min às 19h15 Sala A2 B2

Jorge Fróes

Por que Oliveira Silveira é 20

19h30min às 20h Sala A2 B2

O Grupo Nos Lemos

Poemails e Outros Versos

Das 20h45 às 21h15 – Sala A2 B2

Nós da Rede – Leitura

Cecília Cassal,Juliana Meira, Mara Faturi, Renato de Mattos Motta

Das 19h às 22h – Poeta Café

Encerramento do Porto Poesia 3

com Roda de Poesia.


aguarde já já teremos mais um portopoesia

18/08/2009

lançamento da coleção no dia 1º de Julho as 19h30

27/06/2009


mais um pássaro no céu

19/05/2009

POR QUE CANTAMOSMario Benedetti

Si cada hora viene con su muerte

si el tiempo es una cueva de ladrones

los aires ya no son los buenos aires

la vida es nada más que un blanco móvil

usted preguntará por qué cantamos

si nuestros bravos quedan sin abrazo

la patria se nos muere de tristeza

y el corazón del hombre se hace añicos

antes aún que explote la vergüenza

usted preguntará por qué cantamos

si estamos lejos como un horizonte

si allá quedaron árbores y cielo

si cada noche es siempre alguna ausencia

y cada despertar un desencuentro

usted preguntará por qué cantamos

cantamos porque el río está sonando

y cuando suena el río / suena el río

cantamos porque el cruel no tiene nombre

y en cambio tiene nombre su destino

(De Retratos y Canciones)


Programação do Porto Alegre dá Poesia

25/02/2009



Clique na imagem da programação e a veja em tamanho maior